página inicial quem somos o que oferecemos a afasia como comunicar testemunhos publicações contactos  
 
     
         
 
 
Testemunhos
     

"Porque me senti só”

Chamo-me Luís Oliveira e sou afásico.

Tive um derrame cerebral no dia 31 de Dezembro de 1996, tina eu 71 anos.

Na altura, fiquei muito assustado. Era uma realidade muito cruel, para que eu a pudesse compreender.

Sentia-me só, desesperado... porque não conseguia falar com as outras pessoas.

Ninguém podia imaginar o tamanho da minha dor e do meu desespero. O que eu sentia era horrível.

Os meus filhos levaram-me a uma terapeuta da fala que, ainda hoje, me tem ajudado muito.

Ando na Terapia da Fala há cinco anos e sinto-me muito melhor. Não me sinto tão triste e já falo com outras pessoas.

Conheci a ANA, onde tenho muitos amigos, que são afásicos como eu.

Através da Associação conheci as senhoras Conceição e Filomena e os senhores Rui, Mário e Ilídio... entre outros amigos!

A Direcção da ANA realizou Colónia de Férias, em que participei por três vezes: duas em Vila Nova de Mil Fontes... umas férias muito agradáveis, um lugar muito bonito e o mais importante foi ter estado com os meus amigos e as minhas amigas, porque não me senti só.

Este ano, fomos oito dias para a Quinta da Fonte Quente, em Tocha. Passeámos muito, fizemos um piquenique.

Luís Oliveira

Pessoa com Afasia

 

 

 

 

 

 

     
 
logotipo heldersign